Publicado em Deixe um comentário

Capítulo 3.18 plano de gestão de pessoal

Capítulo 3.18 plano de gestão de pessoal

secções:

3.18.010 Âmbito e finalidade.

3.18.020 discriminação proibida.

3.18.030 Administração.

3.18.040 regras de pessoal.

3.18.050 funcionários isentos.

3.18.010 Âmbito e finalidade.

A. Este capítulo aplica-se a todos os departamentos do Governo municipal. Este capítulo não se aplica ao Distrito Escolar de Skagway.

B. Ele é o propósito deste capítulo e o pessoal regras adotadas de acordo com a Seção 3.18.040 expõem os princípios e práticas que devem ser seguidas pelo município, na administração de seu sistema de pessoal e destinam-se a estabelecer uma justa e uniforme do sistema de administração de pessoal com base no princípio do mérito de emprego. “Princípio do mérito do emprego” significa:

1. Recrutamento, Seleção e promoção de funcionários com base em seu conhecimento, habilidade, capacidade e disposição para realizar o trabalho, incluindo consideração aberta de candidatos qualificados para nomeação inicial;

2. Retenção de funcionários com status permanente ou probatório com base no desempenho e comportamento do trabalho, incluindo esforços razoáveis de duração temporária para correção de desempenho inadequado ou comportamento inaceitável e separação por causa;

3. Igualdade de tratamento entre trabalhadores e candidatos no que diz respeito apenas ao conhecimento, habilidade, capacidade e disposição para realizar o trabalho;

4. Taxas de remuneração com base no trabalho atribuído e realizado; e,

5. Seleção e retenção de funcionários protegidos de influências políticas.

(Ord. 11-05, Alterado, 06/23/2011; Ord. 92-13, Adicionado, 05/21/1992)

3.18.020 Discriminação proibida.

é a política do Município de Skagway não discriminação no recrutamento, contratação, remuneração, promoção e todas as outras condições de emprego, com base em raça, cor ou origem nacional, religião ou crença, sexo, idade, deficiências físicas ou mentais, estado civil, mudança no estado civil, gravidez ou paternidade. O município não deve discriminar os requerentes ou empregados com deficiência em ações de emprego, desde que a pessoa, com ou sem acomodação razoável, possa desempenhar as funções essenciais do trabalho. É também Política do município não discriminar com base nas opiniões políticas ou afiliação de uma pessoa. Nenhum funcionário deve ajudar, estimular, obrigar, coagir ou conspirar para dispensar ou fazer com que outro funcionário renuncie por causa de fatores discriminatórios ilegais.

(Ord. 11-05, Alterado, 06/23/2011; Ord. 92-13, Adicionado, 05/21/1992)

3.18.030 Administração.

conforme estabelecido na seção 3.01.095, o borough manager terá autoridade geral e responsabilidade pela gestão de pessoal de todos os departamentos municipais. Em referência à seção 3.01.095 (C) (7), o gerente deve servir como oficial de pessoal, a menos que a Assembléia autorize o Gerente a nomear um oficial de pessoal.

(Ord. 11-05, Alterado, 06/23/2011; Ord. 92-13, Adicionado, 05/21/1992)

3.18.040 regras de Pessoal.

A. A Assembléia adotará, por Resolução, as regras de pessoal necessárias para realizar os propósitos deste capítulo e implementar este plano de gestão de pessoal.

B. as regras de pessoal devem prever:

1. Preparação, manutenção e administração de um plano de classificação de posições;

2. Preparação, manutenção e administração de um plano de compensação;

3. Uso de métodos de Recrutamento, Exame e seleção de funcionários que testem de forma justa o conhecimento, habilidade, habilidade e disposição da pessoa examinada para desempenhar as funções do cargo ou classe para a qual o emprego é procurado;

4. Métodos e tipos de nomeações para o serviço municipal e períodos probatórios apropriados;

5. Horas de trabalho e feriados municipais;

6. Procedimentos para realização de avaliações de desempenho;

7. O desenvolvimento de programas de treinamento de funcionários;

8. Uma política de licença;

9. Procedimentos de demissão e rebaixamento voluntário;

10. Procedimentos para revisão de ações de pessoal contestadas e resolução de queixas e recursos de funcionários;

11. Políticas e procedimentos para redução da força de trabalho;

12. Políticas e procedimentos que regem atividades proibidas ou restritas, incluindo, mas não se limitando a atividades políticas, discriminação no emprego, assédio, nepotismo, uso de drogas e álcool e emprego externo;

13. Procedimentos de compensação e reembolso dos empregados; e

14. Outros assuntos que possam ser necessários para realizar e fazer cumprir este capítulo.

(Ord. 11-05, Alterado, 06/23/2011; Ord. 92-13, Adicionado, 05/21/1992)

3.18.050 dispensar colaboradores.

o plano de gestão de pessoal aplica-se a todos os funcionários do Governo municipal do bairro, exceto para funcionários isentos. Os funcionários isentos são funcionários cujos cargos são preenchidos por uma pessoa que serve no prazer da Assembleia Municipal e cujo mandato é determinado pela Assembleia Municipal. Os cargos isentos são o gerente do distrito, escriturário do distrito, tesoureiro do distrito, chefe de polícia, Diretor Executivo da clínica e advogado do distrito. Um funcionário isento é coberto pelas disposições do plano de gerenciamento de pessoal, exceto quando o contrato de trabalho do funcionário prevê o contrário. As disposições relativas a procedimentos de reclamação, disciplina e avaliação se aplicam, exceto que um funcionário isento pode ser rescindido sem motivo a qualquer momento, a menos que um termo por escrito do contrato de trabalho do funcionário preveja especificamente o contrário.

(Ord. 11-05, Alterado, 23/06/2011; Ord. 92-13, adicionado, 21/05/1992)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.